sexta-feira, 12 de junho de 2015

Como a Cristaloterapia pode lhe ajudar II

Como já dissemos anteriormente, os cristais nos trazem benefícios, não só fisicamente, emocional, mental e espiritualmente. Sabe quando estamos com aquela falta de energia para qualquer coisinha? Então, os cristais vermelhos, amarelados e alaranjados podem ser muito úteis para restaurar nossa disposição. Os cristais mais estimulantes são os mais brilhantes e com cores mais fortes como, por exemplo, o vermelho profundo da granada, o dourado do âmbar e o amarelo-dourado do topázio.
Se você estiver precisando aumentar sua motivação, use pedras com tons mais profundos, como o olho de tigre, o citrino, o jasper. Se você segurar um cristal de quartzo claro  em cada uma de suas mãos e apontá-los para cima e ainda colocar um citrino sobre o chacra do plexo solar, você poderá conseguir um impulso de energia que se alastrará por todo seu organismo.
Mas, se você estiver com problemas de falta de libido, use fluorita ou granada vermelha. Muitas vezes, a falta de libido é causada por problemas emocionais e essas pedras podem reacender sua paixão. Vale à pena tentar, não é? Afinal, preservar nosso bem estar de todas as formas nos trazem plenitude e felicidade.


Em muitos momentos de nossas vidas nos pegamos distraídos, sem concentração para ler, estudar, trabalhar, sem contar os pensamentos estranhos que invadem nossas mentes, sem pedir licença, atrapalhando nossas atividades cotidianas. Para esse problema, podemos utilizar o quartzo para aumentar a concentração, além de dar clareza mental. Se sua mente é atormentada por ideias e pensamentos estranhos, use o coral. Ele os dissipará. 
Já o lápis-lazúli é um ótimo amplificador de pensamentos e o citrino e o âmbar são excelentes para melhorar a memória.  A ametista também pode contribuir para clarear a mente, ajudando na concentração em metas realistas. Acredita-se, ainda, que a ametista ajuda a acalmar o sistema nervoso.
A fluorita é um excelente cristal para ser usado por quem precisa se concentrar nos estudos. pois acredita-se que ela pode equilibrar o funcionamento dos hemisférios cerebrais, enquanto as pedras de azul profundo, como a sodalita, podem ajudar na comunicação e proporcionar uma melhor compreensão de conceitos e ideias.
Seja como for que as usemos, ou seja, brutas, lapidadas, roladas ou em joias, as pedras sempre nos transmitirão energias. O bom senso nunca deve ser deixado de lado. A terapia dos cristais é uma forma alternativa de melhorar nossa saúde e nunca substituirá os cuidados de um profissional de saúde.


 Muito obrigada pela visita!

Texto: Monica Barizan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário que, assim que possível, o responderemos! Obrigada pela visita!