segunda-feira, 25 de abril de 2011

Dia das Mães




Faltam poucos dias para a chegada do dia mais celebrado do ano, depois do Natal: o Dia das Mães. Muita gente já está se preparando para essa data que, este ano, será comemorada no dia 8 de maio. 
Os preparativos vão desde escolher um restaurante para um almoço em família até a escolha do presente para aquela que se dedica a nós mais do que ninguém! Afinal, amor de mãe dura para sempre e é incondicional. São as mães que , depois que nascemos, nunca mais tem o mesmo sono de antes: a preocupação materna está tão incutida em seus sub-conscientes que, mesmo dormindo, seus cérebros não descansam. Mas, como surgiu essa comemoração, ou melhor, homenagem?
O Dia das Mães também designado de Dia da Mãe teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte-americanaAnna Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas suas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e, consequentemente,  o Dia das Mães se alastrou por todos os Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de Maio.


A mais antiga comemoração dos dias das mães é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos deuses.
O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.
Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Julia Ward Howe, autora do  Hino da Batalha da República.
No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara,Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.
Em Portugal, o Dia da Mãe é celebrado no primeiro domingo de Maio.
Em Israel o Dia da Mãe deixou de ser celebrado, passando a existir o Dia da Família em Fevereiro.
O Dia da Mães é uma das oportunidades que temos de agradecer às nossas mães por tudo que nos deram de carinho, amor , de agradecermos por nos fazerem quem somos. Agradecer amor. É verdade que, para uma mãe, a demonstração de amor por parte dos filhos, com um beijo ou um abraço apertado, acompanhados de um "eu te amo", não tem preço. Mas, qual delas não gosta, ou não espera, também,  receber um "mimo"?
Nós da Pura Joia temos algumas sugestões de presentes para você. Visite nossa loja e escolha a joia que proporcionará à sua mãe aquele sorriso de alegria. Um presente que ela levará onde quer que vá: uma Pura Joia!


Fonte: Wikipedia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário que, assim que possível, o responderemos! Obrigada pela visita!